DOUTORZINHOS COM SEBO DE CARNEIRO E ERVAS QUE CURAM

sábado, 12 de agosto de 2017

CELEBRE TODA BELEZA DE SER PAI PRESENTE,#DIADOSPAIS

Ser Pai é Um Presente e se Fazer Presente.#parabéns #diadospais

De tempos em tempos, algumas palavras ganham novos significados. Ao longo da história da humanidade, o termo pai já foi empregado de formas variadas. Por exemplo: essas três letras já designaram o marido e até mesmo o irmão da mãe. Houve uma época em que pai nem era considerado parente.
Chocante, se compararmos com os dias atuais, em que muitos homens fazem questão de se aproximar cada vez mais da rotina dos filhos, numa transformação cultural que vem gradativamente se tornando marcante no Brasil.
Os novos pais querem ser diferentes daqueles que eles tiveram. E isso não significa ingratidão. Mas reconhecimento de que o contexto social era outro. Aos pais cabia o sustento financeiro da família. E às mães, o afeto. As mulheres não trabalhavam como hoje. Foi nas últimas três décadas que elas vieram conquistando definitivamente espaço no mercado de trabalho. Assim, a velha obrigação de prover a família deixou de ser exclusividade do pai. E a divisão das outras responsabilidades também passou, naturalmente, a ser praticada entre mães e pais. Os homens contemporâneos passaram a participar dos problemas domésticos e da educação das crianças com uma postura menos autoritária, mais aberta ao diálogo e também mais afetuosa do que as gerações passadas de pais.
Para aqueles cresceram criados pelas mães, ainda que seus pais estivessem presentes em casa, a paternidade é uma oportunidade para refletir sobre sua própria sensibilidade e sobre valores que aprenderam ao longo da vida. Aquela história de que homem não chora virou coisa do passado. Os pais de hoje se deixam emocionar pelos filhos e estimulam que os meninos sejam menos violentos.
Por essas e outras, a legislação brasileira ampliou de 5 para 20 dias o período de licença paternidade. Na Natura, reconhecemos a importância de integrar os pais à rotina dos primeiríssimos cuidados com o filho. Por isso, quando nasce o filho de um dos nossos colaboradores, ela pode ficar até 40 dias afastado do trabalho, apoiando a mãe ao longo da famosa quarentena.